FUNDACIONISMO EPISTÊMICO

A teoria fundacionista é uma teoria muito tradicional na epistemologia e que se ocupa em fazer uma descrição da justificação. Esta corrente afirma que existem crenças fundacionais e que estas são justificadas em si mesmas e a partir delas todas as outras crenças devem ser justificadas. Na visão de Lehrer, o fundacionismo prega que há algumas coisas que estamos completamente justificados em aceitar sem argumentos.

As condições para uma crença ser básica são: a) que ela seja auto-justificada e b) que todas as crenças justificadas dependem da auto-justificação das crenças básicas. Um exemplo de crença básica, que inclusive poderia ser dado por um empirista, é “eu vejo alguma coisa móvel”.

Uma das críticas que se faz a este tipo de proposição é que são muito fracas para dar apoio à gama de coisas que nós,pelo menos, aparentemente conhecemos. Além de outras objeções como: as crenças básicas são arbitrárias, já que se o fundacionista tentar explicar porque uma determinada crença é básica ela deixará de ser o que ele quer que ela seja.

Temos plena consciência que a teoria passou por várias modificações e há distinções entre tipos de fundacionismo, mas o objetivo aqui é explanar traços gerais da teoria e a partir daí servir como porta de entrada para uma série de discussões.

Anúncios

4 Respostas to “FUNDACIONISMO EPISTÊMICO”

  1. Jaaziel de Carvalho Costa Says:

    É isso mesmo Elano. O problema do fundacionismo é de como conhecer proposições mundanas, uma vez que as crenças básicas são, na sua grande maioria, cogitais e só dizem respeito a estados internos do sujeito, assim surge o problema ja tratado por Descartes nas “meditações metafísicas” e por Moore em “prova de um mundo exterior” de como conhecer proposições mundanas.
    Tem um livro do Laurence Bonjour e do Ernest Sosa que o Sosa faz uma discussao muito boa sobre o assunto, o livro é “epistemic foundations”.
    Continue o trabalho, estes seus textos ajudam a divulgar do que trata a epistemologia analítica.
    Abraço!

    • Elano Sudário Bezerra Says:

      Caro Jaaziel,
      Suas observações são muito proveitosas.Com relação as proposições mundanas tens razão,mas deve-se lembrar que são apontadas algumas proposições empiricas que podem ser tidas como crenças fundacionais.Obrigado pela indicação de Sosa e, para quem quiser ter uma visão da versão tradicional deste teoria é indicada a obra “The Problems of Philosophy” de Bertrand Russell.

  2. Cris Says:

    O nome do livro eh:
    Epistemic justification: internalism vs. externalism, foundations vs virtues.

    explora de forma profunda a controversia entre o internalismo e o externalismo bem como as questoes fundamentais em epistemologia. excelente livro!

  3. Os números de 2010 « Conceito de conhecimento Says:

    […] FUNDACIONISMO EPISTÊMICO outubro, 2009 3 comentários 4 […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: