INTUIÇÕES

Temos intuições sobre o que é verdadeiro e o que é falso e comumente recorremos a elas para definir a natureza do conhecimento. Ou seja, muitas vezes sustentam-se teorias através das intuições. Realmente, as intuições exercem um papel bastante relevante, veja, por exemplo:

S sabe que Teresina é a capital do Piauí

S não crê que Teresina é a capital do Piauí

Afirmar estas duas proposições ao mesmo tempo vai de encontro com nossas intuições, já que ao que parece se o S sabe que p, isso implica que o S crê que p. Apesar de alguns filósofos proporem que conhecimento não exige crença.

As intuições tem sempre algo a nos dizer acerca da validade das teorias, mas também não devemos ignorar que as teorias devem ter algo a nos dizer sobre a validade das nossas intuições. De forma que, as intuições advindas do senso comum precisam ser revistas e corrigidas pelas teorias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: