A TEORIA DAS ALTERNATIVAS RELEVANTES

É uma das teorias mais recentes na epistemologia contemporânea e que tem gerado amplas discussões tanto numa tentativa de propor um conceito de conhecimento, como uma resposta ao ceticismo.

Esta teoria defende que para a nossa crença que p, há contrárias lógicas a esta crença. Estas contrárias lógicas são alternativas para nossa crença que p. Assim, uma proposição é uma alternativa para p, quando p implica a falsidade desta alternativa. Esta alternativa pode ser classificada como relevante ou irrelevante.

A proposta dos teóricos desta teoria é que para que S saiba que p, a evidência de S precisa excluir somente as alternativas relevantes para p. De modo que, S obtêm conhecimento mesmo que a sua evidência não exclua as alternativas irrelevantes para p.

Uma das críticas contra esta teoria, que tem sido feita por Jonathan Vogel, é que a teoria não diz o que faz uma alternativa ser relevante ou irrelevante. Além de que, os teóricos da RAT não definem o que é relevância. Cabe ainda questionar o que é, de fato, excluir uma alternativa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: