CRENÇA E TRANSITIVIDADE

Por

Keith Lehrer

em

Self-trust

Quando há conflito entre uma crença e outras crenças ou entre um desejo e outros desejos, o papel da ascensão metamental e avaliação de ordem superior torna-se flagrante. Estamos então em face da resolução de conflitos de fatores encontrados no exemplo do vinho. Encontramos exemplos exatamente com a mesma estrutura lógica concernentes a crenças como temos considerados concernentes a desejos.Suponha que eu tenho uma balança e três objetos, A,B e C. Vejo que A e B são equivalentes no peso e que B e C são equivalentes no peso, pois eles se equilibraram entre si. Entretanto, eu vejo que A é mais pesado que C. Eu poderia aceitar todos os três bits de informação. A ascensão metamental produziria um número de alternativas com a mesma estrutura formal como no caso do vinho,e, nesta instancia, a estratégia natural para a maioria das pessoas seria centrar, isto é, aceitar que A é mais pesado que B, que B é mais pesado que C e que A é mais pesado do que C, ainda que esta estratégia envolva a rejeição de dois bits  da informação original. A razão para adotar esta estratégia, entretanto, é porque alguém aceita uma teoria de fundo implicando que há uma diferença oculta  entre A e B e entre B e C que explica a informação sensória. Esta teoria incorpora um princípio de ordem superior.

O apelo à uma estratégia de ordem superior é essencial porque a informação de primeira ordem deve ser insuficiente para resolver o conflito. Alguém poderia, naturalmente, resolver certo nível de conflito por encontrar um mais sensível dispositivo de medição, mas qualquer dispositivo de medição ou pelo menos um, uma medição mais além de diferenças não será notada. Há exatamente diferenças notáveis por dispositivos de medição bem como para nós. Assim a resolução última do conflito deve ser o resultado da ascendência metamental e da escolha autônoma de estratégias de nível superior.

Para compreender o papel da autonomia, considere primeiro o simplório exemplo do conflito, uma inconsistência mínima no conjunto de crenças, crença que p¹,crença que p², e crença que p³, tal que qualquer par de crenças é consistente. Como resolvemos o conflito? Ascendencia metamental revela quatro salientes estratégias com respeito ao objetivo  de conservar crença: a aceitação de p¹ e p², a aceitação de p² e p³, a aceitação de p¹ e de p³, ou a aceitação de todas três.

A última alternativa, a aceitação de um conjunto inconsistente, há a desvantagem da aceitação garantida de algo falso, mas há a vantagem de conservar a informação mais original. As outras três estratégias todas envolvem a rejeição de pelo menos algum primeiro nível de informação, mas permite a possibilidade, pelo menos, de aceitar somente verdades.Já confrontamos o papel da autonomia quando consideramos se é ou não digno aceitar todas as três crenças quando é impossível aceitar somente verdades. Mas o papel da autonomia torna mais aparente ao nível de métodos de aceitação e preferência, como vimos acima, e isto traz-nos ao ciclo da pedra angular numa nova forma.

Temos notado que o problema da resolução do conflito pode surgir de um nível superior concernentes aos princípios de resolução do conflito em si mesmos. Além disso, o apelo a tais princípios, por exemplo, aumento, centralização e redução, para resolver o conflito entre eles somos levados ao paradoxo. Não podemos contar com um principio para resolver o problema. Devemos exercitar nossa autonomia para resolver conflitos como este que surgem. Devemos em último lugar ter confiança em nós mesmos em vez de um princípio. É nossa confiabilidade na aceitação, preferência, e argumento que faz  resolução do conflito por um escolha autônoma razoável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: